7 cidades no centro-oeste você precisa visitar este ano melhor medicação artrite para cães

Ainda não visitei todos os cantos do meio-oeste (já estive em todos os estados, mas passei mais tempo em alguns do que em outros), mas já vi bastante da região nos últimos anos para saber que as cidades de o Centro-Oeste não é o que a artrite reumatóide lombalgia foi há 10 anos.

Muitas cidades do centro-oeste estão tendo um pouco de renascimento no momento, com boa comida, cervejas artesanais e atrações familiares surgindo em quase todos os lugares. Adicione a isso a história única e belas paisagens do Centro-Oeste (porque, não, ao contrário da crença popular não é todos os campos de milho aqui!), E você tem muitos lugares dignos de uma visita. 7 cidades no centro-oeste você deve visitar

Localizado à direita no Lago Erie, a história de Cleveland remonta ao final do século XVIII.

Ele experimentou um boom populacional nos anos de 1800 com a conclusão dos canais Ohio e Erie, e permaneceu próspero ao longo do século. Na verdade, em 1920, Cleveland era a quinta maior cidade dos Estados Unidos. A cidade começou um rápido declínio na década de 1980, no entanto, como as indústrias de fabricação que a cidade contava se desintegraram.

Cleveland agora é muitas vezes o alvo das piadas da cultura pop (sim, nosso rio pegou fogo uma vez; sim, nosso time de futebol é uma porcaria), mas Cleveland não é a mesma cidade que 10 ou 20 anos atrás para quem sofre de artrite; não é nem a mesma cidade há 5 anos! Agora a cidade tem ótimos restaurantes, várias cervejarias artesanais, uma praia limpa e uma impressionante programação de museus. Os jovens estão se mudando para o centro da cidade, dando nova vida aos bairros e trazendo novas idéias.

• Visite o Rock & Roll Hall of Fame – Foi em Cleveland na década de 1950 que o disc jockey Alan Freed cunhou o termo “rock and roll” para descrever um novo tipo de música que ele ajudou a promover no rádio. O Rock Hall é um fabuloso museu dedicado ao rock e sua influência na cultura mundial. (Compre seus ingressos aqui.)

• Vá para o West Side Market – Localizado na etiologia do bairro de artrite reumatóide de Cleveland, Ohio City (atualmente moderno no centro da cidade), o West Side Market é um mercado de alimentos que opera há mais de 100 anos. O mercado também está próximo dos excelentes restaurantes de Ohio City e da Great Lakes Brewing Company.

• Cultive – O Museu de Arte de Cleveland é conhecido por sua coleção permanente diversificada de mais de 45.000 obras de arte de todo o mundo; a Orquestra de Cleveland é uma das orquestras dos “Cinco Grandes” nos EUA e é considerada uma das melhores do país; e o Playhouse Square abriga o segundo maior centro de artes performáticas dos Estados Unidos, atrás do Lincoln Center, em Nova York.

Normalmente mais sinônimo do Indianapolis 500, Indy é, na verdade, muito mais do que apenas carros velozes. A cidade está voltando da artrose econômica, assim como Cleveland, e está similarmente rejuvenescendo várias partes da cidade para torná-los muito mais amigáveis ​​para os visitantes. Passei quase uma semana em Indy no verão passado e fiquei agradavelmente surpreso com tudo o que havia para fazer (e comer!) Ali. Brunch no Milktooth

• Coma toda a comida – Sim, a cena gastronômica de Indy é muito quente agora e a cidade e seus chefs continuam ganhando prêmios e elogios. Algumas das minhas comidas favoritas incluem brunch no Milktooth, um almoço da fazenda à mesa no Mesh, jantar no Bluebeard e coquetéis no Hotel Tango.

Há muitos excelentes lugares para visitar em Michigan, mas o meu favorito até agora tem sido Traverse City no norte do Michigan inferior. Esta pequena cidade na Grand Traverse Bay, no Lago Michigan, é provavelmente a menor “cidade” dessa lista, mas ainda acho que merece um lugar aqui.

Há algo muito pitoresco e aconchegante em Traverse City, e nas proximidades você pode encontrar de tudo, desde sintomas de artrite da coluna cervical em vinhedos até gigantescas dunas de areia. Traverse City hospeda o Festival Nacional da Cereja todo mês de julho, mas também é um ótimo destino durante o outono, se você estiver procurando por algumas cores vibrantes de outono. Península antiga missão

• Dirija a Península da Missão Velha – Repleto de vinícolas e excelentes vistas para o lago, a Península walmart da Missão para a artrite é uma obrigação quando em Traverse City. Chateau Chantal foi a minha vinícola favorita para visitar, e também vale a pena dirigir para o Farol Mission Point.

• Faça compras em um antigo asilo mental – A impressionante Vila de Grand Traverse Commons é agora um centro de alimentação, compras e vida. Mas costumava ser o Traverse City State Hospital, que serviu como uma instituição mental de 1885 até 1989. Se você está na história, definitivamente se inscrever para um passeio a pé do local.

As chances são, se você sabe alguma coisa sobre Milwaukee, você sabe sobre suas cervejarias. Esta cidade de Wisconsin foi originalmente colonizada por um franco-canadense, mas em meados do século XIX um grande número de imigrantes alemães chamamos a cidade de casa – o que provavelmente explica um pouco a cultura cervejeira de Milwaukee.

Como muitas outras cidades nesta lista, Milwaukee sofreu um ligeiro declínio econômico e populacional na segunda metade do século 20 (embora não tão pronunciada quanto nas cidades de “ferrugem” como Cleveland). E, assim como outras cidades, Milwaukee investiu nos esforços de revitalização nos últimos anos para preservar seus bairros históricos e atrair as pessoas de volta ao centro da cidade. Milwaukee Public Market no bairro histórico da terceira ala

• Tour pelo menos uma cervejaria – Não há escassez de cerveja em Milwaukee, e também não há escassez de passeios divertidos de cervejaria. O mais popular é o da artrite à beira do lago reumatismo associa a cervejaria, que é conhecida por ser extremamente engraçada. Encontre uma lista de outros grandes passeios de cervejaria aqui.

• Visite o Museu Harley-Davidson – Milwaukee tem uma coleção de museus legais, mas o Museu Harley-Davidson é especialmente único porque é o único do gênero no mundo inteiro. (E sim, você pode absolutamente desfrutar deste museu legal, mesmo se você não andar de artrite reumatóide wiki uma motocicleta!)

Onde ficar em Milwaukee: Eu pessoalmente posso recomendar o Hilton Milwaukee City Center, que não é apenas em uma excelente localização central, mas também tem um cão de concierge chamado Millie que é praticamente o funcionário mais bonito do hotel que eu já conheci! 5. Cincinnati, Ohio

A história de Cincinnati é interessante. A cidade foi colonizada em 1788 não muito depois de a América ter conquistado a independência e rapidamente se tornado uma “cidade em crescimento”, crescendo rapidamente tanto em população quanto em riqueza. Na verdade, em meados do século XIX, Cincinnati era uma das maiores e mais prósperas cidades da América. Como Milwaukee, Cincinnati finalmente atraiu um grande número de colonos alemães, o que ainda é refletido hoje em bairros como Over-the-Rhine.

Os anos de boom de Cincinnati diminuíram após a Guerra Civil, e a crise econômica que afetou muitas outras cidades de ferrugem 100 anos mais tarde atingiu Cincinnati também. Mas Cincinnati está em rota de retorno também (você está vendo uma tendência aqui?).

• Visite o National Underground Railroad Freedom Center – A história da escravidão na América é contada neste museu fantástico como parar a artrite nos dedos à direita no rio no centro de Cincinnati. Cincinnati desempenhou um papel enorme tanto no abolicionismo quanto na Estrada de Ferro Subterrânea durante a Guerra Civil, e você também encontrará exibições aqui em formas mais recentes de escravidão.

• Ir para o mural – Uma organização chamada ArtWorks foi encarregada pelo prefeito de Cincinnati há cerca de uma década para criar um mural em cada um dos 52 bairros de Cincinnati – e eles estão bem encaminhados para fazer isso e muito mais. Você pode reservar um passeio a pé mural, ou apenas baixar um mapa de todos os murais para vê-los por conta própria.

Onde ficar em Cincinnati: Minhas escolhas são ou o histórico Hampton Inn & Suites Cincinnati-Downtown para uma localização no centro de walkable, ou o Aloft Newport no Levee (que é tecnicamente osteoartrite joelho cinta amazon em toda a fronteira do estado em Kentucky), se você quiser economizar algum dinheiro.

Eu não posso escrever esta lista e não mostrar Dakota do Sul (na minha opinião, um dos estados mais negligenciados nos EUA por viajantes) um pouco de amor. Mesmo que seja geralmente considerado como um estado das Grandes Planícies, Dakota do Sul também cai na lista de estados do Meio-Oeste.

E se você for visitar apenas uma parte deste estado, faça-o em Rapid City, no oeste de Dakota do Sul. Rapid City em si sempre foi um ponto turístico por causa de sua proximidade com atrações como o Monte Rushmore, Deadwood, e até mesmo Badlands National Park. Rapid City é relativamente pequena, mas tem uma cena crescente de cervejas artesanais e alguns projetos de escultura divertidos pela cidade (como as estátuas de bronze de todos os presidentes americanos espalhados pelo centro).

• Confira mais um local único – Talvez você queira ir ao Mamute em Hot Springs (que contém a maior concentração mundial de ossos de mamute em um local que ainda está escavando), ou talvez Deadwood com seu Wild West- reencenações é mais sua velocidade. Se você se dirigir para Badlands, a famosa droga de parede, com seu kitschiness e café de 5 centavos, também é imperdível.

Ok, então eu não posso falar sobre o Centro-Oeste e não mencionar Chicago. Chicago é a maior cidade do centro-oeste e a terceira maior dos Estados Unidos. Mas, mesmo sendo uma cidade grande, Chicago ainda pode ser explorada como turista. (E eu não estou sozinho em pensar assim – Chicago é consistentemente uma das cidades mais visitadas nos EUA todos os anos.)

A história de Chicago remonta a meados de 1800, e a cidade sempre foi um importante centro de transporte entre o leste e o oeste dos Estados Unidos. Sofreu o Grande Incêndio de 1871, mas continuou a prosperar em 1900. Hoje, a cidade abriga mais de 2,7 milhões de pessoas.

Vamos artrose lombaire traitement naturel me apenas dizer que eu amo Chicago. Se eu fosse me mudar para uma cidade grande nos EUA, tenho 99% de que seria esse. Já estive em Chicago inúmeras vezes com pessoas diferentes (amigos, familiares, outras pessoas importantes) e sempre encontro algo para fazer.

• Faça um tour pela arquitetura – Chicago é uma cidade repleta de arquitetura interessante (fato interessante: você sabia que o conceito do arranha-céu nasceu? Aqui). Se você visitar durante os meses de verão, reserve-se em um passeio de barco com a Chicago Architecture Foundation. Se você visitar quando estas excursões do rio não estão funcionando, você também pode fazer passeios a pé de arquitetura – eu fiz um com Chicago Detours (este) e realmente gostei.

• Veja um show de improvisação – Lar de arranha-céus, pizza de prato fundo e comédia cervicale en arabe improvisada – é Chicago! Não deixe de participar de um show de improvisação na cidade; alguns dos grandes nomes da comédia começaram suas carreiras aqui em lugares como Second City. O meu programa favorito é, de longe, da Improvised Shakespeare Company.