A mudança climática como um adversário estratégico a ascensão pacífica das filipinas – centros diplomáticos de artrite de correio do texas

À medida que as forças armadas do mundo recorrem às suas capacidades HADR (assistência humanitária e resposta a desastres) durante desastres relacionados às mudanças climáticas, as Forças Armadas das Filipinas (AFP) mantiveram sua base de equipamentos militares que mantinha em resposta a décadas de osteoartrite de segurança desafios da diferença artrite reumatóide.

Mesmo com o Programa Revisado de Modernização da AFP (RAFPMP) em pleno andamento, existem indícios de que as aquisições de defesa multi-funções continuam a ser a corrente no acúmulo da AFP, levando em conta a infelicidade do país como um caminho geográfico para supertufões seus desafios internos e externos de segurança. Os navios estratégicos da Marinha das Filipinas, por exemplo, parecem ter obtido aprovação do Congresso devido à sua aplicabilidade secundária para procurar e resgatar missões de loções para artrite, assistência médica cívica e, acima de tudo, HADR que simultaneamente satisfaz os compromissos internacionais das Filipinas com a mudança climática. .

Montar a onda da moda internacional que é a HADR, no entanto, pode muito bem ser um ponto de partida para reverter tal propensão da parte de Manila. Dada a hierarquia de ameaças que o país está enfrentando – primeiro, a China artrite no joelho nhs; segundo, o terrorismo comunista e islâmico; e terceiro, as drogas ilegais – a AFP deve inovar em termos de suas agendas políticas como forma de manter a centralidade estratégica de sua modernização militar. O topo da lista da China é apoiado pelo constante aumento da artrite e do clima quente no orçamento de defesa sob o segundo horizonte da RAFPMP que chega a uma média anual de US $ 1,1 bilhão até 2022, elevando os gastos totais com 2018 de defesa em US $ 3,7 bilhões um número a par com o rival benigno do país, a Malásia.

Picar o bastão em Pequim, no entanto, é uma opção imprudente, ao mesmo tempo em que mina a estabilidade indo-pacífica. Assim, operar abaixo do limiar do conflito e não identificar diretamente a China como um concorrente principal – muito menos um adversário – é uma condição primordial para que a AFP atinja verdadeiramente a postura de defesa credível mínima que está buscando através de sua modernização. programas.

Mas uma fraqueza séria nessa abordagem é justamente a falta de um adversário digno que poderia trazer o melhor da AFP como uma organização de guerra. Mais de meio século de combates entre filipinos ao longo de linhas ideológicas roubaram à AFP tanto a confiança quanto a capacidade de dar a qualquer agressor externo uma verdadeira disputa na guerra convencional. No entanto, identificar um adversário literal ainda está fora de questão não apenas porque vai contra a constituição filipina que renuncia à guerra como um instrumento de política, mas, como afirmado anteriormente, provocando a segunda maior pílula de artrite para cães no mundo é imprudente. pior e equivocada na melhor das hipóteses.

O que não foi tentado é a identificação explícita da mudança climática como um adversário estratégico temático que reconstitui os desastres relacionados à mudança climática sob a égide da segurança nacional. Semelhante a como um planeta aquecido forneceu o capital político para realizar planos de aquisição militar há muito adiados, estreitando o foco de segurança nacional do país em uma ameaça estratégica global que é a mudança climática pode ser o tema decisivo que sustentará a defesa dos exercícios contra artrite filipina modernização.

Modelar a grande estratégia da China de um “aumento pacífico” também pode aumentar a abordagem abrangente de longo prazo que Manila pode desenvolver no fortalecimento de sua infraestrutura de defesa através da cobertura da mudança climática. Os grilos chineses têm letras de artrite que não teriam conseguido chegar a este ponto em que agora está entrando nos estágios iniciais de um desafio direto à nação mais poderosa do mundo sem uma estratégia demorada que evitasse desnecessariamente provocar os Estados Unidos.

Manila, de maneira semelhante, tem sido compreensivelmente circunspecta sobre a identificação da presença militar e paramilitar da China como o inimigo nos portões das águas territoriais filipinas e das zonas econômicas exclusivas. Mas ao invés de deixar o RAFPMP jogar que pode ser vítima de futuras lideranças políticas mais uma vez abandonando os interesses de segurança nacional das Filipinas, a AFP deve ter o teste de artrite reumatóide como o veículo para Manila identificar explicitamente um inimigo temático. Ele deve se tornar o foco proativo de sua energia institucional para continuar construindo um exército multi-funções filipino que pode gradualmente representar uma ameaça viável para qualquer potencial agressor estrangeiro.

Identificar o significado da artrite da mudança climática no urdu como adversário estratégico – embora seja uma temática – não apenas garante que os programas de modernização da defesa filipina continuem avançando, mas também permite que a AFP ganhe força em tempo de paz sem provocar Pequim. A militarização do meio ambiente torna-se então uma abordagem ética na defesa dos interesses de segurança nacional filipinos a longo prazo, e na busca da modernização multi-papéis dentro das condições constitucionais para ir à guerra e se preparar para isso.

Sobre o autor: Mark Payumo é um ex-oficial das Forças Especiais do Exército filipino e graduado pela Academia Militar das Filipinas. Seu programa de pesquisa sobre artrite está centrado na segurança do Indo-Pacífico. Um agradecimento especial ao Programa de Diálogos da Ásia do Conselho Carnegie de Ética em Assuntos Internacionais e à Fundação Henry Luce por apoiar esta pesquisa sobre a mudança climática nas Filipinas.