Acidentes de carro desencadear problemas de pescoço pré-existentes assintomáticos – grupo lei santo – advogados de ferimento pessoal nódulos de artrite reumatóide vancouver nos dedos

O requerente ficou ferido em dois acidentes de viação com responsabilidade admitida para ambos. A questão em julgamento foi a avaliação de suas vitaminas para artrite em perdas de mão, incluindo danos não-pecuniários (dor e sofrimento), compensação por perda de capacidade de ganho passada e futura, perda de capacidade de limpeza, custos de cuidados futuros e danos especiais.

No primeiro acidente de carro ela artrite tratamento em ayurveda em hindi foi parado atrás de outros carros em um sinal vermelho no cruzamento da Turner Road e Old Island Highway quando ela foi traseira terminou. No segundo acidente, ela foi parada em um sinal de parada no estacionamento do Country Club Mall. Seu carro foi atingido pelo réu, que estava saindo de um estacionamento. Este foi um pequeno acidente que resultou em artrite degenerativa da coluna lombar em danos mínimos.

O ônus recaiu sobre o requerente para estabelecer um equilíbrio de probabilidades de que, “mas para” os acidentes, ela não teria sofrido os ferimentos alegados. A negligência do réu não precisa ser a única causa do prejuízo, desde que seja parte da causa além da faixa de minimis.

Os réus admitiram que o requerente sofre de artrite no pescoço, o que significa dor e dores de cabeça devido aos acidentes, mas que, devido à sua dor no pescoço pré-existente, quaisquer danos causados ​​pela artrose devem ser reduzidos. No entanto, todos os especialistas médicos concordam que, como resultado dos acidentes, o requerente sofria de dores crônicas no pescoço e dores de cabeça. O Dr. Robinson era da opinião que “as alterações degenerativas em sua coluna cervical são anteriores ao acidente com veículo motorizado e provavelmente são assintomáticas”.

[86] O inquérito “não para” não pretende descrever pedanticamente todo o potencial de prevenção da artrite em cães causada por lesões de McCully com precisão científica. Em vez disso, este inquérito é focado em saber se o autor teria incorrido em seus ferimentos, mas para a responsabilidade dos réus em um saldo de probabilidades. O balanço da opinião de especialistas médicos indica que quaisquer problemas degenerativos preexistentes no pescoço permaneceriam assintomáticos. Por conseguinte, estou convencido de que, para a responsabilidade dos acusados, o problema da osteoartrite no pescoço não teria se manifestado com o mesmo grau de dor que McCully agora experimenta. Passo agora para a avaliação da extensão da responsabilidade dos réus por qualquer dano de McCully (McCully v. Moss, 2019 BCSC 81).

Jacqueline Small é diligente, profissional e compassiva. Ela foi acima e além quando eu estava lesado óleos essenciais para artrite nos joelhos em um acidente de automóvel. Sempre que tinha perguntas ela respondia rapidamente e sempre parecia que os consultores de artrite e osteoporose das carolinas estavam um passo à frente. Liguei para vários escritórios de advocacia de acidentes e nenhum deles era tão conhecedor e sincero quanto Jacqueline. Altamente recomendado!

Eu recomendaria totalmente este grupo legal. Renn cuidou do meu caso com o maior profissionalismo me manteve informado e explicou em termos fáceis de entender os leigos. Estou muito feliz com a forma como as coisas funcionaram. Eu recomendo se você precisar de um advogado para contatá-lo. Ótimo trabalho e uma grande artrite em alívio dos dedos, obrigado a todos.

Durante um período de 4 anos, Jacqueline Small me orientou durante toda a minha reivindicação de ferimento pessoal depois que um acidente de automóvel me deixou com dor crônica. Minha experiência foi agradável, profissional, minuciosa e a comunicação estava sempre aberta. Eu era tipos de artrite em dedos tratados com cuidado como uma pessoa e não apenas um caso. Jacqueline estava comigo a cada passo do caminho até chegarmos a um acordo com a companhia de seguros. 10/10 Eu recomendaria a qualquer amigo ou família.