Android q pode bloquear o acesso prancheta de fundo para aplicativos de terceiros, trazer recurso de reversão de atualização para aplicativos – trendinggyaan artrite reumatóide teste de sangue faixa normal

Espera-se que o Android Q, a próxima versão do Android que deve ser lançada no Google I / O 2019, venha com um recurso que restringirá o acesso de área de transferência em segundo plano para aplicativos de terceiros. Isso ajudará os usuários a proteger informações confidenciais, como nomes de usuários e senhas, de serem acessados ​​por aplicativos mal-intencionados de terceiros. Algumas referências em uma suposta versão vazada do tratamento de artrite psoriática no Android Q também apontam para uma opção para permitir que você faça rollback de atualizações de aplicativos. A próxima versão do Android também pode reativar aplicativos de terceiros para ter acesso em segundo plano à sua localização. Além disso, o Android Q é especulado para ter novas fontes pré-instaladas, formas de ícones e cores de acento de tratamento herbal de artrite reumatóide.

De acordo com um relatório XDA Developers, a alegada versão vazada do Android Q, que surgiu no início deste mês, tem uma nova permissão que sugere a capacidade de restringir a osteoartrite de aplicativos de terceiros a partir da leitura da sua área de transferência.

A permissão, chamada “android.permission.READ_CLIPBOARD_IN_BACKGROUND”, aparentemente permite que os usuários concedam aos aplicativos a capacidade de ler seus dados da área de transferência durante a execução em segundo plano. O nível de proteção da permissão recém-descoberta é “assinatura”, o que significa que apenas aplicativos assinados pelos fabricantes podem ser concedidos para acessar os dados da área de transferência de artrite da mão em segundo plano.

Mishaal Rahman, da XDA Developers, também identificou algumas novas permissões para os aplicativos em nível de sistema para permitir o downgrade de aplicativos. As permissões, intituladas “PACKAGE_ROLLBACK_AGENT” e “MANAGE_ROLLBACKS”, provavelmente permitirão que o Google Play mova um aplicativo de volta para sua versão anterior. Além disso, há eventos de transmissão, como “PACKAGE_ENABLE_ROLLBACK” e “PACKAGE_ROLLBACK EXECUTED”, que podem essencialmente intimar os aplicativos sobre a ação de reversão.

O Android Oreo, em 2017, restringiu o acesso ao local em segundo plano para os aplicativos de terceiros. No entanto, Rahman identificou a versão vazada do Android Q que o Google está trazendo de volta para os aplicativos de terceiros. Há uma nova permissão para permitir que um aplicativo comece a acessar os dados de localização em segundo plano. A descrição da nova permissão, intitulada “ACCESS_BACKGROUND_LOCATION”, avisa os usuários que o “aplicativo sempre terá acesso a luvas de artrite no local, mesmo quando você não estiver usando o aplicativo”.

Foi avisado que a nova permissão de acesso ao local em segundo plano pode ser concedida “adicionalmente ao local aproximado ou preciso”. No entanto, a permissão de localização grosseira só pode acessar sua localização com base em fontes de rede, como torres de celular e redes Wi-Fi quando o aplicativo está em primeiro plano, conforme as cordas disponíveis no intervalo normal de teste de sangue de artrite reumatóide vazou Q Android.

A versão do Android Q vazada também é vista como tendo referências a uma nova lista de fontes pré-instaladas, formas de ícone e cores de destaque. O XDA Developers descobriu que existem duas fontes pré-instaladas, a saber, Arvolato e Rubik; quatro formas de ícones, incluindo luvas de artrite arredondadas botas retângulo, quadrado, Squircle, Teardrop; e três cores de destaque, incluindo preto, verde e roxo.

A nova artrite e osteoporose associados à versão Android também é encontrada para categorizar sobreposições em três grupos. Isso é semelhante a como o Android está disponível nos modelos Pixel, nos quais os modelos têm três pacotes de sobreposição, incluindo um ponto acessível por meio das Opções do desenvolvedor, estrutura de pixels e um tema parcial escuro.

O Google está organizando a conferência de desenvolvedores do I / O 2019 entre 7 e 9 de maio em Mountain View, Califórnia, onde é esperado que ele visualize o Android Q formalmente. No entanto, considerando o número de revelações que surgiram na Web até agora, é seguro esperar uma lista de novos vazamentos em torno da próxima plataforma Android. Já há rumores de que a nova versão do Android tenha um modo escuro para todo o sistema, um modo de área de trabalho e um recurso de reconhecimento facial semelhante ao Natur Face ID da Apple.