Ex-congresso gop reps deve terminar a fronteira nacional de osteoartrite de emergência quadril dieta

Como membros do Congresso Republicano, cada um de nós começou com um entendimento central do compromisso global de nosso partido: honrar nosso compromisso de proteger e defender a Constituição dos Estados Unidos. Depois de cada eleição, quando nossos constituintes nos concederam o privilégio de representá-los novamente no Congresso, renovamos esse compromisso. Sempre foi um princípio fundamentalista republicano que, por mais fortes que sejam as nossas preferências políticas, por mais profundas que sejam nossas lealdades, artrite em fotos de dedos para presidentes ou líderes partidários, para permanecer uma república constitucional, devemos agir dentro das fronteiras da Constituição reumatóide. artrite tratamento ayurvédico baba ramdev. Nosso juramento é colocar o país e sua Constituição acima de tudo, incluindo política partidária ou lealdade a um presidente. [Enfase adicionada]

Oferecemos dois argumentos contra permitir que um presidente – qualquer presidente, independentemente de partido – contorne a autoridade do Congresso. Uma é a colocação constitucional de todo o poder legislativo nas mãos dos representantes do povo. O Artigo 1 da Constituição, que atribui poderes legislativos ao Poder Legislativo, afirma na seção 9: “Nenhum dinheiro será extraído do Tesouro, mas em Consequência de Dotações feitas por Lei”. O poder da bolsa cabe ao Congresso porque é composta por 535 representantes do contribuinte e é a conexão mais direta entre os que são governados e os que governam. Se você permitir que um presidente ignore o tratamento natural do Congresso para a dor e o inchaço da artrite reumatóide, não será sua autoridade, mas a de seus eleitores, que é privada das proteções do verdadeiro governo representativo. [Enfase adicionada]

O segundo argumento vai diretamente para a questão que cada um de vocês deve enfrentar: o quanto você está disposto a minar tanto a Constituição quanto o Congresso, a fim de promover um resultado de política que, por todos os outros meios legítimos, não seja alcançável? A questão atual – um muro em nossa fronteira sul – passou pela artrite no processo de sintomas do pulso colocado em prática pela Constituição. Foi proposto pelo Presidente, foi debatido pelo Congresso e os representantes do povo alocaram fundos em um nível considerado apropriado pelo Congresso. Entendemos que há muitos membros do Congresso que discordam do compromisso final de financiamento alcançado por um grupo bipartidário de legisladores. Para você, fazemos esta pergunta: o que você fará quando um presidente de outra parte usar o precedente que você está estabelecendo para impor políticas às quais você se opõe inalteravelmente? Não há maneira de contornar essa dificuldade: que poderes são cedidos a um presidente cujas políticas você apoia também podem ser usadas por presidentes cujas políticas você abominam. [Enfase adicionada]

Como nós, você fez um juramento de posse. Você foi eleito para o Congresso para realizar os deveres e responsabilidades constitucionais dos Estados Unidos é uma casa de Representantes e do Senado dos Estados Unidos. Você foi enviado ao Congresso para ser a voz do povo. Esse é um fardo impressionante e pode exigir que você exerça contenção para proteger o modelo constitucional – o que é a raiz do excepcionalismo americano – e para evitar que ele seja sacrificado no altar da conveniência. [Enfase adicionada]

Os ex-legisladores republicanos que assinaram a carta incluem Steve Bartlett do Texas, Douglas Bereuter de Nebraska, Sherwood Boehlert de Nova York, Rodney Chandler de Washington, William Clinger Jr. da Pensilvânia, Tom Coleman de Missouri, John Danforth de Missouri, Mickey Edwards de Oklahoma, David F. Emery de Maine, Chuck Hagel de Nebraska, Gordon Humphrey de New Hampshire, Nancy Johnson de Connecticut, James Kolbe do Arizona, James Leach de Iowa, John LeBoutillier sintomas de artrite reumatóide nos quadris de Nova York, Richard Lugar de Indiana Pete McCloskey, da Califórnia, Thomas Petri, de Wisconsin, Claudine Schneider, de Rhode Island, Christopher Shays, de Connecticut, Peter Smith, de Vermont, Olympia Snowe, do Maine, e Alan Steelman, do Texas.

Este ano, no entanto, os pesquisadores projetam que até 500.000 estrangeiros ilegais irão com sucesso sintomas de artrite psoriásica cruzar a fronteira dos EUA com o México e chegar ao país, sem serem detectados pela Patrulha de Fronteira. Da mesma forma, o país está a caminho de mais de 600 mil apreensões fronteiriças em 2019, um nível de imigração ilegal que não é visto desde o ex-presidente George W. Bush.