Financentra como terminar a austeridade sem quebrar a osteoartrite de banco em adultos jovens

O governo alocou atualmente muito mais de 4 bilhões de libras esterlinas associadas aos preparativos para o Brexit, a maioria, mas não todos, para receber preparativos para o não-acordo. Embora alguns desses gastos não tenham ocorrido de qualquer forma, e haverá poucos exemplos, por mais indesejáveis ​​que sejam os ferries phantom cross-channel do secretário de Transportes Chris Grayling, o dinheiro está sendo gasto.

O comitê do Tesouro do Patrimônio da Fazenda, relatando a semana passada sobre a influência fiscal do presente de aniversário do NHS, coletivamente com outras medidas no final do outono que incorporaram um aumento antecipado das permissões fiscais, declarou que o objetivo declarado do governo em algum momento equilibrar o orçamento de gasto agora não tem credibilidade, então não pode ser empregado pelo parlamento para manter o governo a contabilizar osteoartrite hip 10.

O estresse, no entanto, persiste. Este será um ano enorme para os gastos públicos, e não apenas principalmente por causa do Brexit. O Tesouro deve realizar uma crítica completa aos gastos e Liz Truss, a secretária-chefe, dará rapidamente às luvas de artrite um discurso definindo as prioridades para isso. A crítica não é definitiva, há situações conectadas ao Brexit nas quais ela possivelmente não ocorreria, mas está planejada.

O desafio é bastante simples. No que diz respeito aos pontos, o NHS está recebendo muito, mas a maioria dos outros componentes do governo ainda está em modo de austeridade. O NHS foi responsável por 11% de todos os gastos com soluções públicas em meados da década de 1950, 23% em 2000, 29% até 2010 e, nos planos atuais, será de 38% de todos os gastos até 2023-24. Isso parece perigosamente desequilibrado.

Um incrivelmente excelente alívio de artrite briefing para cães nota do Instituto de Pesquisa Fiscal sobre as perspectivas para a crítica de gastos, por Carl Emmerson, Thomas Pope e Ben Zaranko, define os parâmetros. Uma crítica padrão aos gastos abrange os três a quatro anos subsequentes, embora o tratamento ayurvédico para a artrite reumatóide IFS abra a possibilidade desta vez de uma crítica de um ano em particular, oferecido que a incerteza pode não ter sido levantada até a época deste outono orçamento de gastos.

Não está claro o quanto estudaremos sobre isso quando o chanceler der sua declaração da primavera em menos de um mês, em 13 de março. Suspeito que seja incrivelmente pequena. O envelope de gastos, a quantidade de luvas de terapia anti artrite magnética em todos os termos redondos que o governo pretende dedicar mais do que o punhado subseqüente de anos, teve em um determinado momento sido antecipado no orçamento de gasto final de outono.

Mas esse orçamento gasto, realizado excepcionalmente no início de outubro para limpar os decks em novembro para a aprovação parlamentar do ministro da dieta prime arthrosis ?? s acordo de retirada da UE? e nós sabemos o que aconteceu com isso? Só nos disse realmente o que acontecerá com os gastos do NHS. Será que vamos ver o envelope no mês subseqüente, para sabermos o que todo mundo está recebendo?

Muito definitivamente não. A fala é de um? Despojado ?? declaração da primavera consistindo de uma nova previsão oficial, que por sua vez será assunto para a incerteza de como vários dos desconhecidos reconhecidos sobre o Brexit foram resolvidos. O nevoeiro Brexit, para cunhar uma frase, também fornecerá ao chanceler uma excelente desculpa para não estabelecer os parâmetros de gastos. Embora o comitê do Tesouro dos Comuns também estivesse cético sobre um dividendo de negócio? para a economia e os gastos públicos de um ordenado Brexit, Hammond vai artrite reumatóide tratamento ayurvédico baba ramdev não quer admitir esse ponto.

A consulta é o que ele precisa estar realizando na crítica de gastos para atender a sua e a reivindicação do primeiro-ministro de que a austeridade está acabando, o que é politicamente necessário osteoartrite alívio da dor no joelho, sem prejudicar as finanças públicas. Embora as pessoas hoje são normalmente céticos, não importa se cortes ?? ter ocorrido, é claro que eles têm. A tendência de longo prazo é que os gastos públicos aumentem. Na década anterior, caiu cerca de 40 bilhões de libras em termos reais. Os departamentos mais atingidos, que incorporam a artrite de ombro direito do Ministério da Justiça e a Divisão de Atmosfera, Refeições e Assuntos Rurais, notaram cortes reais de cerca de 40%. O governo regional também notou cortes incrivelmente grandes.

Bem aqui, a imagem é muito mais tranquilizadora para o Tesouro do que se poderia acreditar. Um aspecto particular da austeridade, o congelamento monetário de quatro anos na maioria dos aspectos positivos da idade funcional, imposto por George Osborne à cura natural para a artrite, chegará ao fim no ano fiscal de 2019-20. As projeções para as finanças públicas assumem que o congelamento será seguido por aumentos ligados à inflação nesses aspectos positivos.

Acabar com a austeridade, interrompendo cortes adicionais para orçamentos departamentais, não é, entretanto, uma proposta tão cara quanto você poderia imaginar. O IFS calcula que evitar cortes reais para departamentos desprotegidos custaria apenas 2,2 bilhões de libras de gastos reais adicionais até 2023-24. Acabar com esses cortes em uma base per capita custaria apenas 5 bilhões de libras. Isso é apenas modesto modificar para um governo que espera dedicar não sintomas de artrite reumatóide nos quadris muito rápido de £ 1.000bn? um trilhão? até 2023-24. As finanças públicas são mais saudáveis ​​e o déficit orçamentário existente (gasto no dia-a-dia) foi eliminado e toda a artrite em torno do déficit orçamentário está voltando aos níveis anteriores à crise.

Mas há um limite. O dinheiro entregue às pressas, como o primeiro-ministro parece ser promissor, é particularmente difícil de ser gasto. As regiões negligenciadas da Grã-Bretanha têm que ter o investimento público que trará uma regeneração financeira muito necessária, e não um emplastro de adesão rápida. Bungs não são uma excelente base para gastar.

Qualquer generosidade de gastos este ano também deve ser medida. Embora a medicina ayurvédica pública para as finanças da artrite reumatóide tenha se transformado considerando o fato de que a crise monetária, eles enfrentam uma ameaça renovada nos próximos anos a partir do envelhecimento da população e do estresse que vai colocar em gastos com pensões, saúde geral e outros lugares. O Tesouro será acusado de tornar-se implicado na crítica de gastos deste ano, mas esse é o seu trabalho, e há uma causa para isso.