Frescobaldi mais nova propriedade vinícola em chianti classico artrite pílulas para cães

Foi um dos muitos dias em que Lamberto Frescobaldi desfrutou de um tempo bonito na Toscana enquanto andava de motocicleta pela cidade histórica de Gaiole, a caminho de uma reunião que significa artrite em tamil em sua mais nova vinícola. Ele foi abruptamente parado em um sinal vermelho que ele havia ignorado todas as outras vezes que ele passou (luzes vermelhas são mais uma sugestão na Itália do que uma regra severa) como ele estava congelado pela visão de um magnífico castelo antigo calorosamente brilhando no céu. Dom; enquanto seu olhar inspecionava esse lugar encantador, ele ficou surpreso com um dos detalhes – este castelo tinha o emblema do brasão dos Frescobaldi.

Lamberto é o tipo de pessoa que pode fazer uma sala cheia de pessoas parar em antecipação.

Não é devido a qualquer tipo de medo ou intimidação da sua parte, mas é a paixão de Lamberto para absorver totalmente o que está naquele momento, desafios e tudo o que faz dele uma pessoa tão cativante. Seu desejo de assumir situações difíceis que têm o potencial de gerar resultados surpreendentes faz com que ele se destaque como alguém que artrite drogas para cães não quer ser o presidente da Frescobaldi Toscana (parte da nobre família florentina que vem fazendo vinho em Toscana por 700 anos) no título sozinho, mas quer viver de acordo com sua ascendência.

Originalmente, o caminho de Lamberto era de um oficial da polícia italiana, pois achava que ele iria divergir da longa história de fabricação de vinho da artrite familiar, mas há muito tempo, sua esposa, Eleonora Nesi, convenceu-o a seguir o negócio do vinho. Lamberto provaria equilibrar seu respeito pelas gerações anteriores a ele com a sua própria vontade de encontrar maneiras de Frescobaldi Toscana causar um impacto maior na comunidade em torno dele. Um de seus projetos mais queridos é trabalhar com prisioneiros dando-lhes habilidades nas vinhas e na adega para fazer vinho na colônia penal italiana, Gorgona. Quando os presos são libertados, eles não só voltam a entrar no mundo com um conjunto de habilidades empregáveis, mas também com uma conta bancária de tamanho decente, uma vez que são pagos pelo seu trabalho.

Recentemente, Lamberto falou sobre seu último empreendimento de adquirir uma propriedade Chianti Classico, Tenuta Perano, para adicionar às suas seis propriedades já existentes na Toscana. Alguns podem dizer que a Frescobaldi Toscana já cobre a variedade de vinhedos de alta qualidade oriundos desta região vinícola de prestígio, com locais que variam de Brunello di Montalcino a Maremma, mesmo com uma propriedade em Chianti Rufina. Mas Lamberto foi primeiro tomado por Perano em 1992, mas como ele disse, “eu era muito jovem e o lugar era muito caro.” Novamente ele olhou para a propriedade em 2008 e apesar de não ser tão jovem, ainda era muito muito de um jogo com um preço proibitivo altamente custado.

Com o tempo, Lamberto não conseguia parar de pensar nesta propriedade com seus vinhedos íngremes e de grande altitude (1640 pés) na forma de um anfiteatro natural que captava a luz do sol. O local era ideal, na mente de Lamberto, com dias quentes e noites frescas para produzir uvas que tivessem um equilíbrio entre frescor e concentração. Além disso, ele falou sobre a importância de produzir vinhos Sangiovese com um maravilhoso senso de lugar e, enquanto ele já tem Chianti Rufina e Brunello di Montalcino vinhas, ele ansiava muito Sangiovese da área histórica de Chianti Classico.

Em 2014, Lamberto decidiu alugar a propriedade Perano por alguns anos até que ele finalmente decidiu comprá-la e apesar de estar feliz com a qualidade inicial vinda desta propriedade, ele decidiu fazer melhorias, pois, em sua mente, um vinho nunca pode seja bom o suficiente. Essas melhorias, segundo Lamberto, foram a colheita verde e o centro de artrite de posicionamento de brechas do norte georgiano nos vinhedos para maior maturação, além da adição de pequenos tanques que controlam a fermentação.

O design do rótulo tem artrite associados à saúde Syracuse provou ser mais difícil com alguns rascunhos anteriores sendo demitidos. Mas naquele dia, na moto olhando para o brasão Frescobaldi no castelo, intrigou Lamberto para investigar a possível história de sua família naquela área em particular, onde ficava a propriedade Chianti Classico. Ele escreveu para um professor local na área para descobrir se sua família realmente tinha raízes e o professor escreveu de volta dizendo “bem-vindo de volta” e que a família Frescobaldi poderia ser rastreada até os anos 1400. Esta informação cimentou a ideia de que Lamberto precisava colocar o brasão de sua família neste rótulo de vinho, pois mostrava um compromisso com a família Frescobaldi voltando ao coração de Chianti, investindo em seu potencial.

É um mistério por que algumas pessoas usam muitos desafios quando os outros fazem tudo o que podem para evitá-los. O mundo precisa que as pessoas assumam as batalhas que ameaçam a saúde das belas vinhas e daqueles que estão dispostos a investir para reparar os danos anteriores. Lamberto disse que está sempre à procura de vinhos e projetos que “fazem cócegas na alma” e se é um patrimônio histórico ou dar uma pessoa encarcerada que teve um mau começo na vida uma segunda chance, ele está sempre procurando o próximo desafio.