Interior toob o’bservations – aracnídeos na cinta de pulso artrite uk

No momento em que Russell T. Davies desceu como o showrunner de Doctor Who, eu estava pronto para uma mudança de estilo. Se eu tivesse tido a chance de conhecê-lo naquela época, eu teria agradecido a ele por seu serviço em trazer de volta o Doutor e torná-lo tão divertido e, portanto, popular. Mas ele realmente o empilhou, sempre tentando se superar até ameaçar sair do controle. (O doutor era praticamente onisciente, um deus!) Era hora de o RTD ir e deixar o remédio caseiro de tratamento de joelho de osteoartrite grande Moff assumir.

Mas a ausência faz os corações crescerem mais afeiçoados e, embora este não tenha sido um episódio em que ele tivesse alguma conexão, sua premissa e execução me lembraram o estilo de showman de Davies. Graças às aranhas, mas especialmente ao desempenho de Chris Noth, muito do episódio foi exagerado, e sua ciência foi estúpida. (Aranhas gigantes de carcaças?

Eu não me importo com o que você satura as aranhas mortas, você não vai conseguir viver. Então, essas eram aranhas zumbis!)

Tínhamos uma boa noção da vida privada de Graham O’Brien e esse episódio de artrite e reumatologia trouxeram para casa o quanto ele estava privado de sua amada Grace, a avó de Ryan Sinclair, agora com artrose. Nós pelo menos sabemos agora como a atriz seria considerada um personagem recorrente quando Grace foi morta no primeiro episódio. Aquelas cenas com a memória de Graham visualizadas por ela eram extremamente poderosas. E como eu vejo tudo na TV de uma perspectiva Toobworldly, ela realmente poderia estar lá como um fantasma. É só que Grace não iria querer assustar o marido, deixando-o pensar que ele realmente poderia visualizar suas memórias.

Eu não estou tão familiarizado com os personagens de TV da herança paquistanesa, então eu não quero sugerir quaisquer possíveis teorias de relação ainda. No entanto, “Doctor Who” tem a tradição de conhecer figuras históricas do mundo real. E outros programas de TV sugeriram relações familiares entre seus personagens fictícios e celebridades reais. (Esta prática remonta a antes da televisão, pelo menos para Sir Arthur Conan Doyle, que alegou que Sherlock Holmes estava relacionado com o pintor Vernet.)

Então, aqui está a minha sugestão: que tal o plano de cuidados de enfermagem para a artrite se os Khans de Sheffield estão de alguma forma relacionados, mesmo que de longe, com os Bulsaras de Londres? Não há como negar que Farrokh Bulsara é um item quente na cultura pop agora – você conhece Farrokh, Freddie Mercury, cuja vida e morte estão sendo lembradas no filme de sucesso “Bohemian Rhapsody”. Certamente, alguns escritores criativos curam e acalmam as revisões de artrite que poderiam criar uma maneira de a equipe TARDIS interagir com Freddie e Queen, e Yaz e sua família poderiam ser o eixo em que a trama está pendente.

Eu quero dar um foco especial ao personagem de Jack L. Robertson, o feio bilionário americano interpretado por Chris Noth. Primeiramente, duas teorias fáceis de relação – porque Noth o interpreta, ele poderia ser primos idênticos com o Detetive Mike Logan da NYPD que foi designado para a 27ª Delegacia antes de ser transferido para Staten Island. (Ele pode estar aposentado até agora, eu acho, baseado nos policiais que conheci em Manhattan.)

Quanto àquela outra teoria da relação entre a integridade? John James Preston. Quem você diz? “Sr. Big ”de“ Sex And The Hip Arthritis Symbols Groin City ”e o amor da televisão de Carrie Bradshaw. (Eu estava supondo que o Sr. Big morreu durante o segundo filme, mas eu não tenho certeza agora disso.)

Quanto a eles serem primos idênticos, que foram implementados pela primeira vez no Toobworld com “The Patty Duke Show”, há duas definições para esse termo. O primeiro tipo de primo idêntico foi representado por Kathy e Patty Lane – eles têm pais diferentes, embora seus pais também sejam gêmeos idênticos. É só que a replicação do DNA no Toobworld é muito forte e acontece com frequência, mesmo entre estranhos que devem ter tido um ancestral comum que era a fonte desses cromossomos em particular para o alívio da artrite para cães, não importando a distância.

Jack Robertson foi um O’BBone stand-in para Donald Trump e parabenizo as pessoas por trás das cenas por empregar um velho truque de roteirista com este tipo de representação. Para proteger os sintomas da artrite reumatóide, mas o teste de sangue negativo de qualquer acusação de que eles estavam atacando a pessoa que inspirou o personagem, essa pessoa é mencionada como sendo um par da caricatura.

Eu não acho que nós vimos o último de Jack L. Robertson na série. Você sabe que o personagem ainda planeja concorrer à presidência em 2020 lá no Toobworld, então ele ainda pode aparecer à medida que nos aproximamos da eleição. E talvez algum problema que o Doutor esteja lidando, atrapalhe sua candidatura.

Os hotéis são apenas uma faceta do império de negócios da JLR. Espero que, a partir daqui, vejamos que a artrite possa ser tratada, essas iniciais aparecem novamente em outras empresas. E, melhor ainda, adoraria ver outros programas também. Não muito a tia Beeb poderia fazer sobre isso, eu acho, contanto que eles realmente não declarem que “JLR” significa Jack L. Robertson. (E em um Toobworld perfeito eles nunca diriam definitivamente o que isso significava.)

Assim como Tricey, o Triceratops, o show nos pegou – bem, eu pelo menos – emocionalmente envolvido com a morte de uma criatura CGI quando Robertson atirou na gigantesca rainha aranha enquanto ela já estava morrendo de sufocamento. Eu não posso culpar as aranhas – elas estavam apenas fazendo o que veio naturalmente de espondiloartrose e não foi culpa delas que elas foram expandidas para esse tamanho. Alguns deles não sobreviveram e talvez um dia encontrem uma maneira de prosperar? Havia pelo menos o de volta ao apartamento dos vizinhos de Khan e outro na casa de Graham. Talvez os vejamos novamente …