Mais da mesma cinta de mão de artrite brian stoddart

Mesmo no início do ano novo de alívio da dor no joelho com osteoartrite, temos o massivo espancamento de Theresa May sobre o Brexit no parlamento britânico; A mais longa paralisação do governo dos Estados Unidos, provocada pelo Muro de Trump; O momento do “ISIS é derrotado”, de Mike Pence, ridicularizado pelos assassinatos em Nairobi; A França ficou parada com o mais engenhoso uso de jaquetas hi-vis; e a volta tardia do governo australiano para o Pacífico, marcada por uma tentativa frustrada de fazer com que um de seus terroristas locais se tornasse Fiji.

No ano passado terminou mais serenamente para nós com dois cruzeiros em que eu era um orador convidado. O primeiro, no Encore da Seabourn, começou em Dubai (onde uma descoberta casual significa que Sandi agora quer ir lá regularmente para consultas de artrite reumatóide) e terminou em Cingapura através de portos no Golfo Pérsico, Índia, Indonésia e Malásia.

A Índia era o seu maravilhoso eu habitual com todas as discussões, revelações, descobertas e diversão. Em Mumbai (que eu ainda chamo de Bombaim), foi ótimo revisitar toda a arquitetura antiga, lojas peculiares e todos os jogos de críquete acontecendo ao redor da cidade.

Mais ao sul, Kochi continua a ser um dos lugares mais bonitos para se visitar no país, com as redes de pesca chinesas lembrando oportunamente que a relação Índia-China, agora tão atual, vem ocorrendo há séculos. Zheng He, o grande osteoartrite nódulos nos dedos navegador chinês, morreu na costa de Kerala quase seiscentos anos atrás, algo que meu público de cruzeiro sempre acha surpreendente. A globalização vem acontecendo há muito tempo.

O complexo mundo editorial está agora assolado por questões motivadas por revisões e pelas promoções associadas que buscam reconhecimento entre um grupo de novos contendores. A Amazon agora dificulta a publicação de resenhas de diartrose, na sequência de vários incidentes chamados de “fantoches de meias”, em que os autores anonimamente enviam seus próprios livros e / ou zombam de outras pessoas do gênero. Agora há perguntas nos blogs sobre se as revisões negativas devem ou não ser permitidas. É obviamente desejável encontrar um equilíbrio entre o elogio e a sugestão, mas isso deve ser alcançado se a revisão tiver propósito e impacto sérios. Barbas reais, no entanto, são raras nesta nova Era de Sensibilidades.

Os livros do Pooh ainda estão entre os meus favoritos, não obstante Parker ter certeza de que Douglas Jardine, o australiano de críquete inglês amava odiar, recebeu duas cópias de cada nova artrite reumatóide e tratamento ayurvédico, assinado por ele mesmo e o ilustrador maravilhoso, Ernest Shepard, cujos arquivos estão agora na Universidade de Surrey.

E a segunda razão estava relacionada, porque era ali que os trobriandeses adaptavam a famosa críquete, trazida pelos missionários, para se assemelhar mais às suas próprias práticas culturais. Eu já vi esse jogo no chão, mesmo que apenas em forma de demonstração.

Como sempre pode artrite no pescoço causar tonturas nessas viagens, houve lembretes sobre como o mundo natural está mudando. Nas Ilhas de Conflito, de propriedade de um conservacionista australiano, ajudamos a liberar um filhote de tartaruga jovem da Hawksbill. Em circunstâncias normais, se fosse um macho nunca voltaria a terra, mesmo que estas tartarugas possam viver até cento e cinquenta anos. Se fosse uma fêmea, ela retornaria ao ponto de liberação em trinta anos para botar ovos. Mas, nos disseram, é inteiramente possível que essas tartarugas possam estar extintas em trinta anos.

Diante disso, críticas literárias contundentes parecem muito um problema do primeiro mundo, e um ponto em que pensar a osteoartrite adalah sobre algumas das minhas próprias leituras. Admito que alguns livros começaram e não terminaram, mas não os nomeiam porque escolha e gosto são tão seletivos. Um casal era muito obscuro e gráfico para mim, outro casal muito sinuoso, e um casal simplesmente chato, para mim.

Você nunca poderia acusar Ian Rankin desses crimes, no entanto, e em A House of Lies está entre os meus 2018 favoritos. Todos nós conhecemos o trabalho que se passa, mas ele escreve tão facilmente, no ponto e em cada palavra que diz. Os personagens se desenvolvem mais, com Rebus sofrendo de artrite de enfisema, e o diálogo é natural com um enredo convincente. Este homem merece todo o elogio que recebe e muito mais.

O livro envolve uma turnê promocional da América por um grupo de soldados se destacam por uma ação no Iraque. Sua turnê de propaganda os vê acompanhados por um agente que tenta levantar fundos para um filme, e o livro cobre uma visita do Dia de Ação de Graças no estádio Dallas Cowboys, onde Billy Lynn encontra uma líder de torcida. Esses soldados têm que retornar ao campo, no entanto, e Ben Fountain tem seus personagens vivenciando as dúvidas emocionais contidas nas maravilhosas duas obras de não-ficção de osteoartrite de David Finkel, The Good Soldiers e Thank You For Your Service. Ang Lee fez é a artrite reumatóide uma deficiência uk um filme de Billy Lynn que falhou nas bilheterias.

Annie Haynes continua sendo um mistério, mas agora é reconhecida entre as melhores da Era de Ouro da ficção policial, ao lado de Christie, Allingham, Sayers e Marsh. Ela foi patrocinada por um amigo de classe alta e produziu uma série de romances na década de 1920 antes de sua morte por artrite reumatóide. O livro é classicamente focado no “mistério” (um assassinato, é claro) e os personagens, com a possível exceção do vilão, não causam artrite no pé e os dedos dos pés desenvolvem tanto assim. Há momentos em que o enredo é reforçado por informações fortuitas obtidas efetivamente “fora da câmera”, e isso não aconteceria nos dias de hoje. Mas Haynes poderia escrever. Um crítico tem o inspetor Stoddart como uma figura simpática e eu não entendo isso ainda, mas talvez os outros três mistérios de Stoddart que eu ainda tenha lido ajudem.

A escrita é maravilhosa, os personagens memoráveis ​​e o enredo forte. Na esteira do assassinato de Kennedy, um mafioso mulherengo correu ao tropeçar nas conexões que causaram o ataque e o queriam morto também. Na estrada, ele encontra uma mulher e seus dois filhos jovens indo para a Califórnia e longe de um marido / pai alcoólatra. O mafioso aproveita a oportunidade para se tornar um homem de família para confundir seus perseguidores. A interação entre ele e a mulher é crível e ele se torna mais humano. A resolução me perdeu, mas ainda é um remédio natural muito bom para a artrite no livro do quadril.

Na tradução do italiano, segue Kill The Father, mas funciona como um standalone. Um trem chega a Roma com uma de suas carruagens de luxo cheias de passageiros envenenados. O terrorismo é o primeiro pensamento, mas o caso vai para Colomba Caselli, uma policial encrenqueira que imediatamente chama sua companheira ainda mais perturbada, Dante Torre. Eles acabam descobrindo uma conspiração maciça e uma trilha de assassinato em massa envolvendo um fantasma como mulher vinda do antigo regime soviético. Muito disso é fantástico, semi-crível e, em partes, parecido com Tarantino em sua gelatina casualizada para o caos e a violência da artrite. Mas é uma boa leitura.