Parte 3 anatomia de uma cena de assassinato o que realmente aconteceu em Detroit naquela noite tratamento com ervas artrite reumatóide

Foi um comando extraordinário do chefe da polícia de Detroit, James Craig, em novembro passado, respondendo às críticas feitas pelo presidente do sindicato dos bombeiros, que se queixou publicamente de que a resposta da polícia à emergência é tão lenta que constitui “uma crise na segurança pública”.

Não só o presidente da Associação de Bombeiros de Detroit, Mike Nevin, não permaneceu em sua pista, ele dobrou para baixo, liberando documentos policiais internos que mostram que ele levou cerca de uma hora para responder a uma cena de assassinato ativo. Uma cena em que bombeiros em pânico foram presos.

Uma revisão conjunta da Deadline Detroit e Motor City Muckraker de relatórios policiais, 911 logs de despacho, transmissões de rádio do incidente e entrevistas com aqueles sobre a cena de dor nas costas de artrite uk revela uma confusão de confusão e omissões.

O que os dados mostram claramente, no entanto, é que a afirmação de Craig de uma resposta de seis minutos pela polícia a um ombro de uma equipe de homicídio não é pura verdade.

O departamento de polícia afirma que o tempo médio de resposta para as chamadas de prioridade 2 é de 23 minutos. Mas nossa análise de 800.000 chamadas mostrou que é mais do que 54 minutos quando “as paradas iniciadas pelo oficial” – paradas de tráfego, que têm um tempo de resposta de zero – são desconsideradas.

O motor 34 e uma ambulância foram despachados para a esquina das avenidas Warren e Junction, mas foram instruídos a encenar a artrite reumatóide curável em homeopatia a uma distância segura até que a polícia chegasse. Inconscientemente, os bombeiros dirigiram diretamente para analgésicos para artrite reumatóide, uma nova cena de assassinato em Epsworth e Warren, sem relação com a primeira chamada, a cerca de dois quarteirões do local.

Foi uma cena sangrenta. O motorista de uma van tinha uma artrite séptica com arma de fogo fatal que causa ferimentos na cabeça. Seu cinto de segurança estava solto. Uma mulher coberta de sangue era histérica. A porta do passageiro estava aberta. Nos 13 minutos seguintes, o oficial comandante do Engine 34 ligou repetidamente para a polícia, alertando para personagens suspeitos nas sombras. “Uma pessoa de interesse”, ele chamou.

“Estávamos nos cagando”, explicou um bombeiro. “Nós estávamos nos escondendo na parte de trás da plataforma. Havia um cara nas sombras aparecendo como teste de sangue para artrite reumatóide normal de um tapa-a-mole. Havia outro cara andando nas sombras do outro lado da rua. Eu estava realmente preocupado que fôssemos levar um tiro. Quero dizer, o cara tinha seus cérebros remédios naturais para artrite nos dedos em seu colo.

Eventualmente, o carro de reconhecimento M0208 respondeu à chamada de Warren e Junction – mais uma vez, a dois quarteirões do homicídio na rua Epsworth, que os bombeiros tinham ligado e chamado. O carro M0208 fez a cena de esfaqueamento de Warren e Junction às 1:59 da manhã. minutos após a artrite é uma deficiência no âmbito da chamada 911 inicial de segurança social, de acordo com documentos internos.

O episódio mostra o que os socorristas de Detroit já sabem: policiais sobrecarregados estão trabalhando para um departamento com falta de pessoal. Mais uma vez, apenas três batedores estavam trabalhando na delegacia de joelho que artrite mri noite. Deve-se notar que antes de municipal de Detroit é a artrite uma falência do Reino Unido de deficiência, o número médio de carros que trabalham na cidade foi cinco ou seis por delegacia. Mesmo assim, a cobertura foi considerada insuficiente.

Cansados ​​de esperar pela polícia, os médicos se aproximaram de um carro onde uma mulher foi esfaqueada na cabeça pouco depois das 21h de 21 de dezembro. A artrite de sangue não especificada cobriu o lado do rosto, mas a mulher se recusou a abrir a porta do carro. até a polícia chegar porque o agressor estava por perto. Finalmente, 28 minutos depois que o esfaqueamento foi relatado, a polícia chegou.

Durante a hora do rush na East 8 Mile Road, em 17 de dezembro, a vítima de um acidente de carro, ejetado do veículo, colocou as chaves para artrite reumatóide na estrada. Enquanto os médicos e bombeiros se esforçavam para ajudar, a polícia não estava disponível. Alguns cidadãos saíram de seus carros e ajudaram a controlar o tráfego.