Primeiro paciente nos novos testes com células-tronco para deficiência de derrame inscritos na uthealth – notícias em uthealth – significado de artrite uthealth em árabe

Sean I. Savitz, MD, da McGovern Medical School da UTHealth, vem pesquisando a terapia com células-tronco para histórias de remissão de artrite reumatoide por uma década. Ele é o investigador principal global de um novo estudo terapêutico para tratar a incapacidade do acidente vascular cerebral. (Foto cedida pela UTHealth)

O primeiro paciente dos EUA a participar de um estudo global de uma terapia com células-tronco injetada diretamente no cérebro para tratar a deficiência do AVC foi inscrito no ensaio clínico esta semana no Centro de Pediatria do Centro de Saúde em Houston (UTHealth).

“Na McGovern Medical School da UTHealth, estudamos as terapias celulares como um novo tratamento para o derrame nos últimos 10 anos. Nós somos artrite reumatóide icd 9 muito animado para fazer parceria com ReNeuron e inscrever o primeiro paciente no estudo PISCES III ”, disse Sean I.

Savitz, MD, pesquisador principal global do estudo e professor e diretor do Instituto de AVC e Doenças Cerebrovasculares da UTHealth. “Este estudo representa a medicina ayurvédica tratamento artrite reumatóide um próximo passo importante no desenvolvimento de novas terapias celulares para acidente vascular cerebral crônico e, até à data, é o ensaio clínico mais avançado para determinar se as células estaminais neuronais melhorar a recuperação em pacientes com deficiência crônica por acidente vascular cerebral.”

O estudo, chamado PISCES III, é um estudo multicêntrico de fase IIb, randomizado, controlado por placebo, envolvendo um total de 110 pacientes elegíveis para o tratamento de artrite em Springfield, com idades entre 35 e 75 anos, com incapacidade persistente seis a 12 meses após o tratamento. -acidente vascular encefálico. Eles receberão uma dose única de artrite psoriática unhas fotos do medicamento ReNeuron chamado CTX0E03 DP, que é injetado no cérebro, ou eles serão submetidos a uma cirurgia simulada. As cirurgias são realizadas no Memorial Hermann-Texas Medical Center, um hospital de ensino da McGovern Medical School.

“Assim como em uma ferida na pele, o cérebro cura em diferentes estágios”, disse Savitz, professora e Frank M. Yatsu, MD Chair em Neurologia na Escola de Trajetória McGovern Medical arthrose du genou. “Em estudos com animais, a injeção direta em um cenário de acidente vascular cerebral crônico foi mostrada para melhorar a recuperação e os resultados. Parece que as células estão mudando o ambiente da área danificada do cérebro, por isso é mais pró-regenerativo. Pode ser um fator de liberação que estimula o mecanismo de reparo próximo à área do infarto. ”Um infarto é um pequeno produto de suporte de joelho com artrite, área localizada de tecido morto resultante de falha no suprimento de sangue.

O estudo reúne uma equipe interdisciplinar que inclui Peng R. “Roc” Chen, MD, professor associado do Departamento de Neurocirurgia Vivian L. Smith; e artrite creme Walmart Monica Verduzco-Gutierrez, MD, professor associado do Departamento de Medicina Física e Reabilitação da McGovern Medical School. Chen está no comitê de direção do julgamento e é o líder cirúrgico. Chen traz anos de experiência para o estudo na administração cirúrgica de células-tronco. Verduzco-Gutierrez é o líder de reabilitação que artrite queensland supervisionará as avaliações de mobilidade e função cognitiva antes e depois do procedimento.

Como Savitz, ambos os membros do corpo docente fazem parte do Institute for Stroke e Cerebrovascular Disease at UTHealth, que foi fundado em 2017 para usar o significado de artrite na força kannada dos especialistas multidisciplinares da UTHealth para avançar na pesquisa e na prática clínica em tratamentos de AVC agudo, prevenção de AVC, recuperação de AVC, saúde da população e serviços de saúde.

O braço de intervenção para PISCES III inclui cirurgia estereotáxica, que usa um sistema coordenado tridimensional de artrite reumatóide em imagens de pés para direcionar com precisão a área do cérebro para receber a terapia injetada através de um orifício. No braço do placebo, os pacientes receberão um pequeno orifício parcial no crânio. Todos os pacientes serão submetidos a um programa de fisioterapia de 12 semanas. O ensaio foi aprovado pela dieta de espondiloartrites do Food and Drug Administration dos EUA.

O desfecho primário do estudo é uma comparação da proporção de pacientes nos braços tratados e placebo, mostrando uma melhora clinicamente significativa na Escala Modificada de Rankin, uma medida de incapacidade e dependência, em seis meses de artrose no joelho após o tratamento em comparação com o início. Os principais resultados do estudo são esperados para o início de 2020.