Reefer post – cães podem ficar alto (é seguro, se você tentar) diretrizes de tratamento de osteoartrite do ombro

Como a legalização da maconha continua a varrer o globo, o acesso à maconha está se tornando cada vez mais fácil. Isto é artrite reumatóide perigosa significa que mais e mais donos de cães estão usando maconha, e as chances desses cães se apoderarem de alguns também aumentaram. Mas é seguro para um cão consumir maconha? E se eles fazem, quais são os efeitos sobre eles?

Antes de sair e dar ao seu cão um pouco de maconha, pensando que eles vão se divertir como você, por favor leia este post. Ele lhe dará todos os detalhes que você precisa para saber o que fazer no caso de um cachorro e alguma erva daninha. Nós também adicionamos um alívio de artrite de monte para cães de fotos de cachorro para você desfrutar também.

Portanto, a principal questão aqui é se a maconha é segura para cães ou não.

A resposta é não. No entanto, alguns casos são piores que outros. Em alguns casos, você pode notar pouca ou nenhuma alteração no comportamento e / ou na saúde do seu cão. Mas em outros casos, o cão pode precisar ser levado ao veterinário.

Pense nisso, se você fuma maconha, você sabe que vai ficar chapado. Cães, no entanto, não sabem em que estão se metendo. Não há como dizer a um cão para relaxar e aproveitar a erva (talvez no futuro). Com isso dito, um cão pode artrite em adultos jovens ficar muito doente quando ficar alto. Então, sim, um cachorro pode ficar chapado, mas provavelmente não vai gostar.

Mesmo que seja correto dar ao seu cão um pouco de artrite e reumatologia associa a maconha, você acha que fumar seria bom para eles? A resposta para isso também é não. A fumaça de segunda mão para um cachorro é tão ruim quanto para uma pessoa. Cães podem ter um contato alto de fumaça sendo soprada em seus rostos. A fumaça, no entanto, apresenta muitos riscos para a saúde, mesmo em humanos. Então, se você está determinado a levar seu cachorro para o alto e nada vai te impedir, então pelo menos faça isso de uma maneira diferente do que sopre fumaça para eles.

Um sintoma mostrado por um cão que consumiu maconha é a ataxia. Ataxia é a perda de coordenação, ou em outras palavras, ter um “andar bêbado”. O cão pode ser fundação de pesquisa nacional de artrite muito descoordenada por algum tempo. O cão também pode sofrer de incontinência, que é quando eles não podem controlar a micção ou defecação (para mantê-lo fora). Cães expostos à maconha também podem ser hipersensíveis ao toque e aos sons. Estes efeitos podem durar em qualquer lugar de remédios caseiros de tratamento de joelho de osteoartrite 12-24 horas.

Se o seu cão apresentar esses sintomas, talvez seja melhor levá-lo ao seu veterinário local. Um teste feito em um cão que consumiu maconha mostrou que o ritmo cardíaco do cão era mais lento que o normal e que o cão tinha uma temperatura mais baixa. O veterinário deu ao cão o tratamento adequado que precisava, e foi capaz de ter uma recuperação rápida.

Outra coisa a observar é se o seu cão se apossar de alguns comestíveis. Uma vez que muitos planos de cuidados de enfermagem para comestíveis de artrite contêm chocolate e / ou açúcar, isso pode representar uma ameaça para a vida do seu cão. Tanto o chocolate quanto o açúcar são perigosos para o cão consumir, pois eles nunca devem consumir. Certifique-se de colocar seus comestíveis fora em algum lugar que seu cão não pode obter spondyloarthrosis adalah ahold de.

O THC tem pouco ou nenhum benefício para os cães. E como a maioria das cepas de maconha contém uma quantidade alta de THC, isso significa que a maconha provavelmente não deve ser dada ao seu cão. CBD, por outro lado, pode realmente ajudar um cachorro. CBD & Cães

Enquanto THC pode não ser uma coisa boa para os cães, CBD é bom para eles. Pesquisas recentes feitas no CBD começaram a revelar os benefícios que ele tem para os cães. CBD pode até ser usado como um tratamento alternativo para alguns medicamentos administrados por veterinários. Por exemplo, o CBD pode ser dado a um cão para ajudar no tratamento de câncer, convulsões ou até mesmo ansiedade.

Além disso, o CBD não pode dar ao cão nenhum efeito psicoativo (o que significa que os cães não podem ser afetados pelo CBD). Assim, um cão que consome CBD tem menos artrite nas pernas de cães com probabilidade de adoecer por ficar alto comparado a um cão que consome THC (e menos propenso a experimentar os efeitos acima). Certifique-se de dar seu animal de estimação CBD, e não THC.

Como o CBD é apenas um composto químico, é melhor dar ao seu cão o óleo CBD ou produtos comestíveis CBD, e não a maconha que contém CBD. Na verdade, os comestíveis CBD são provavelmente a melhor maneira de fazer um cão consumir CBD. Vamos enfrentá-lo, a maioria dos donos de cães pode ter dificuldade em abrir a boca do cão para que eles possam colocar um pouco de óleo CBD lá dentro. Em vez disso, pegue um comestível que eles vão querer comer. Pet Edibles

Aqui no Reefer Post, você pode encontrar muitas maneiras diferentes de fazer seus próprios comestíveis. Como você pode estar pensando, você pode radiologia do joelho osteoartrite também fazer seus próprios comestíveis que são seguros para o seu cão. Uma ótima maneira de fazer isso é descobrir quais alimentos são seguros para um cão e, em seguida, começar a cozinhar!

Não quer fazer seus próprios comestíveis? Você prefere comprar alguns comestíveis CBD para o seu cão? Bem, isso também é uma opção! Localize a loja mais próxima para você que vende CBD. Muitos deles carregam comestíveis que são feitos para animais de estimação (incluindo cães ayurveda artrite reumatóide). Desta forma, você sabe que os comestíveis serão seguros para dar ao seu cão, apenas certifique-se que eles dizem para animais de estimação!