Sobre – jerry jazz musician joelheiras para artrite walmart

“A primeira vez que visitei o seu site, para ler a [Diane McWhorter, autora ganhadora do Prêmio Pulitzer], entrevistou analgésicos para a artrite reumatóide, o que foi muito bom. A maneira como os gráficos e links estão ligados é realmente maravilhosa, e a entrevista foi séria. Seu site é uma experiência bacana. ”

“Há um nível de pensamento muito mais rico em sua revista do que o que encontramos em qualquer outra revista americana – a mais ambiciosa e mais notável revista de jazz que já vi. Que varredura! O que você está fazendo pela cultura americana é tão único e a artrite nos dedos cura tão bem considerada, que o resto de nós pode fazer é observar com admiração. ”

As origens do personagem “Jerry Jazz Musician” saíram de uma rotina de Woody Allen da década de 1960 chamada “infeliz infância”. Durante a rotina, Allen brinca sobre andar de metrô em sua aula de clarinete, vestido “Jerry Jazz Musician style . ”A descrição conjurou imagens de alguém que é hip – um cara artrite uk joelho exercícios que” fizeram a cena. “

Essa imagem se tornou inspiração para criar um personagem fictício que incorpora todas as qualidades da urbanite de meados do século – elegante, bem-lida, adora música, esportes e cultura, e passa por boates, lojas de discos e livros e viaja pelo mundo .

Eu cresci na área da Baía de São Francisco ouvindo os sons de meu pai praticando sua trombeta e viola no porão de nossa casa suburbana. Enquanto nossa casa consistia principalmente em artrose dos sons de Montovani e Al Hirt, felizmente as gravações de Ellington e Basie também estavam à minha disposição (assim como os Beatles, Creedence, Stones, o Who, Santana, as Portas e todos os deuses do rock de a era).

Minha vida mudou, como muitos outros, ao ouvir Kind of Blue pela primeira vez (aos 14 anos). Subsequentemente passei a maior parte do meu tempo (e contracheques) nas lojas de discos de Berkeley e San Francisco, perseguindo as vidas gravadas de todos, de Armstrong a Ornette – uma busca que continua até hoje.

Eu queria ser escritor, mas em 1978 me mudei para Portland, onde comecei uma carreira no mercado de gravadoras, primeiro estocando estantes recordes de discos com gravações de LP e 8 trilhas pelo Bee Gees, Peter. Frampton e Billy Joel (e não a vida bacana que eu esperava da gravadora), e então ganhar acesso ao front office da empresa por meio de vendas, promoções, marketing e vários cargos de gerência, que incluíam a venda de discos para algumas das melhores lojas de discos. no oeste dos EUA

Jerry Jazz Musician publica regularmente trabalhos de artistas contribuintes, e encoraja a artrite séptica a considerar a possibilidade de enviar trabalhos para consideração. O seguinte aborda questões gerais sobre como enviar e termos / condições. O que procuramos publicar:

Quaisquer ofertas criativas são consideradas para publicação, incluindo poesia original, ficção curta, memórias, críticas, ensaios, não-ficção, entrevistas, obras de arte, curtas-metragens e fotografias. Idealmente artrite no tratamento da articulação do polegar sua submissão vai apelar para os leitores que têm interesse em música jazz e cultura relacionada. Embora não desejemos restringir seus envios, as diretrizes básicas são as seguintes:

Envie seu trabalho via e-mail (com documento PDF ou Word anexado) para jerryjazzmusician@gmail.com. Por favor, envie uma pequena biografia (duas frases para começar) com o seu trabalho. Uma vez submetido, você será contatado dentro de um período de tempo razoável que foi recebido. Termos e condições de publicação

Uma vez que seu trabalho tenha sido publicado no Jerry Jazz Musician, você poderá publicar e vender seu trabalho a qualquer momento e para qualquer pessoa que escolher. Pedimos apenas aos artistas que notem que o trabalho foi originalmente publicado no Jerry Jazz Musician. Editando arthrosis wikipedia / Display / Publication

Seu trabalho pode ou não ser editado antes da publicação. Se forem necessárias extensas bolhas de artrite nas edições dos dedos, o artista será notificado com bastante antecedência da publicação para discussão apropriada. Se uma quantidade mínima de edição é necessária, Jerry Jazz Musician se reserva o direito de publicar sem revisão do artista.

Artista representa e garante que a apresentação é uma obra de arte original e não irá infringir ou apropriar-se indevidamente dos Direitos de Propriedade Intelectual de terceiros. Artista concorda em indenizar e segurar inofensivo Jerry Jazz Musician por qualquer perda, lesão ou danos resultantes de uma violação destas garantias os grilos têm artrite.

LEIA MAIS Nesta edição Esta edição apresenta uma discussão em mesa redonda sobre como o mundo da religião pode ter impactado a vida criativa de Billie Holiday, Langston Hughes e Ralph Ellison. Além disso, os vencedores anteriores do Jerry Jazz Musician Short Fiction Contest refletem sobre sua história vencedora; três novos podcasts de Bob Hecht; nova coleção de poesia; recomendações de gravações de jazz recentemente lançadas e muito mais. Curta ficção "O muro das lamentações" – um conto de Justin Short Entrevistas Três proeminentes estudiosos religiosos – Wallace Best, Tracy Fessenden e M. Cooper Harriss – se juntam a nós em uma conversa sobre o tratamento da espondiloartrite como o mundo da religião durante a vida e os tempos de Langston Hughes (foto) Billie Holiday e Ralph Ellison nos ajudam a entender melhor o significado de seu trabalho. Poesia Nove poetas contribuem com dez poemas que celebram o jazz em poemas tão singulares quanto a própria música Artrite de Ficção Curta em comemoração ao próximo 50º Concurso de Curta Ficção, os vencedores anteriores do concurso (que remontam a 2002) refletem sobre sua própria história vencedora e como vidas se desdobraram desde então. As Alegrias do Jazz Nesta edição, o premiado produtor de rádio Bob Hecht conta três histórias; 1) em Charlie Christian, o primeiro superstar da guitarra jazz; 2) o amor do poeta Langston Hughes pela música jazz e 3) um perfil da música “Strange Fruit”

Na plataforma giratória 25 recentemente lançado músicas de jazz que valem a pena ouvir artrite espinhal em cães para… incluindo Bobo Stenson; Medeski, Martin e Wood; Muriel Grossman e Rudy Royston – Chick Corea, Rickie Lee Jones, Gary Giddins, Michael Cuscuna, Randy Brecker e Tom Piazza estão entre os que responderam à nossa pergunta, "Quais são 3 ou 4 das suas gravações de jazz favoritas dos anos 40?" Histórias de capa com resultados de exames de sangue de artrite reumatóide Paul Morris Nesta edição, Paul escreve sobre a arte do álbum da gravadora clássica de 1950, Westminster Records. Brevemente Thomas Brothers, professor de música da Duke University e autor de duas biografias essenciais de Louis Armstrong, é entrevistado sobre seu novo livro, HELP! Os Beatles, Duke Ellington e a Magia da Colaboração; Também, Mary Schmidt Campbell, Presidente do Colégio Spelman, autora de An American Odyssey: A Vida e Obra de Romare Bearden, em uma conversa sobre o brilhante artista do século XX

Na edição anterior, Esta edição de artrite no quadril e parte inferior das costas apresenta uma entrevista com Gary Giddins, biógrafo de Bing Crosby; uma coleção de poesia dedicada à época da Segunda Guerra Mundial; e uma nova edição de “Reminiscing in Tempo”, em que a pergunta “Quais são 3 ou 4 de suas gravações favoritas de jazz da década de 1940” é feita para Rickie Lee Jones, Chick Corea, Tom Piazza e outros. Escritores contribuintes