Uma etnomedicina tradicional sub-saariana mostra-se promissora como um poderoso agente anti-inflamatório

A inflamação pode ser uma séria ameaça à sua saúde. Em um estudo publicado na revista BMC Complementary e Alternative Medicine, os extratos de folha de mbola (Parinari curatellifolia) uma planta medicinal africana, tem uma potente atividade anti-inflamatória que pode ajudar a prevenir a inflamação de causar mais danos ao seu corpo.

A inflamação é parte do tratamento da artrite para a resposta imune do corpo dos cavalos. É uma reação à presença de um patógeno ou a estímulos nocivos. A vermelhidão e a sensação de dor e inchaço que caracterizam a inflamação são todas indicações de que seu corpo está lutando contra micróbios nocivos ou reparando tecidos danificados após, digamos, uma lesão.

A inflamação aguda a curto prazo é, portanto, boa.

Torna-se motivo de preocupação quando se torna inflamação crônica. Este tipo de inflamação é aquele que persiste por mais tempo do que deveria. Também não apresenta sintomas pronunciados, ao contrário da inflamação aguda. Quando isso acontece, os glóbulos brancos que protegem o tratamento da artrite reumatóide no corpo hindu de bactérias e vírus perigosos agora atacam suas células saudáveis, causando uma grande variedade de condições de saúde como resultado. Doenças como câncer, depressão, artrite, diabetes e doenças cardiovasculares estão todas ligadas à inflamação crônica. Tratar inflamação com mbola

Na África Subsaariana, a mbola é uma medicina popular popular usada para o tratamento de febre, infecções microbianas, pneumonia e até mesmo câncer. Ele também é usado para combater a inflamação, levando os pesquisadores a confirmar se, de fato, tem propriedades anti-inflamatórias.

Os autores do estudo prepararam medicação para a artrite para cães metanol, extrato aquoso, acetona e etanol a partir das folhas frescas de mbola. Em seguida, eles colocam esses extratos através de vários testes para determinar sua capacidade de inibir a inflamação, bem como a proliferação de células de linfoma.

Enquanto isso, os extratos de água de mbola efetivamente inibiram a produção de óxido nítrico nas células RAW 264.7. Embora o óxido nítrico desempenha um papel importante na manutenção da função cardiovascular adequada, principalmente por causa de sua capacidade de diminuir a pressão sanguínea ao relaxar e dilatar seus vasos sanguíneos, é um químico pró-inflamatório que contribui para a progressão de doenças inflamatórias. .

Além disso, os resultados revelaram que a mbola tem atividade citotóxica dose-dependente nas células T Jurkat, uma linhagem de linfoma. Análises posteriores mostraram que as células cancerosas expostas aos extratos de mbola acabaram com DNA danificado, explicando a capacidade da planta de induzir apoptose ou morte celular.

A artrite dos pesquisadores em sintomas de pulso validou as aplicações da mbola na medicina tradicional, particularmente no tratamento da dor e no tratamento de condições inflamatórias e relacionadas ao tumor, como o câncer. (Relacionado: A inflamação é uma das principais razões pelas quais você não pode perder peso.) Prevenção da inflamação com alimentos

• Bagas – Se o sabor delicioso e a notável versatilidade não forem suficientes para incluir morangos, mirtilos, framboesas e outros em sua dieta, os benefícios antiinflamatórios podem ser. Estas bagas ajudam o seu sistema imunitário a funcionar adequadamente, aumentando o seu número de tratamento ayurvédico natural para as células killer (NK) da artrite reumatóide e diminuindo certos marcadores inflamatórios ligados a doenças cardíacas.

• Peixe gordo – Salmão, arenque, cavala, anchova e outros peixes gordurosos são fontes deliciosas e substanciais de proteína. Eles também contêm uma abundância de ácidos graxos ômega-3 que ajudam a reduzir os níveis de marcadores inflamatórios em seu corpo.

• Vegetais crucíferos – Couve-flor, artrite de brócolis nos dedos e couve são ricos em antioxidantes que desempenham um papel no controle da inflamação. O brócolis, em particular, é excelente para esse propósito, graças ao seu teor de sulforafano que ajuda a reduzir o nível de proteínas pró-inflamatórias em seu sistema.

• Abacate – Se você gosta de guacamole ou como um doce, você precisa comer mais abacate para prevenir a inflamação crônica. Estudos mostram que comer abacates pode diminuir o seu nível de marcadores inflamatórios, especialmente em células jovens da pele. Os abacates também contêm potássio, magnésio, fibras (ajuda a reduzir os desejos) e um monte de outros compostos que podem reduzir o risco de desenvolver câncer.

A inflamação pode ser uma séria ameaça à sua saúde. Em um estudo publicado na revista BMC Complementary e Alternative Medicine, o extrato de folhas de mbola (Parinari curatellifolia), uma planta medicinal africana, tem uma potente atividade antiinflamatória que pode ajudar a artrite bilateral do joelho e evitar que a inflamação cause mais danos ao seu organismo. corpo.

A inflamação faz parte da resposta imunológica do seu corpo. É uma reação à presença de um patógeno ou a estímulos nocivos. A vermelhidão e a sensação de dor e inchaço que caracterizam remédios para a artrite na inflamação dos dedos são todas indicações de que seu corpo está combatendo micróbios nocivos ou reparando tecidos danificados após, digamos, uma lesão.

A inflamação aguda a curto prazo é, portanto, boa. Torna-se motivo de preocupação quando se torna inflamação crônica. Este tipo de inflamação é aquele que persiste por mais tempo do que deveria. Também não apresenta sintomas pronunciados, ao contrário da inflamação aguda. Quando esta vitamina d e artrite reumatóide acontece, os glóbulos brancos que protegem seu corpo de vírus e bactérias perigosos agora atacam suas células saudáveis, causando uma grande variedade de condições de saúde como resultado. Doenças como câncer, depressão, artrite, diabetes e doenças cardiovasculares estão todas ligadas à inflamação crônica. Tratar inflamação com mbola

Na África Subsaariana, a mbola é uma medicina popular popular usada para o tratamento de febre, infecções microbianas, pneumonia e até mesmo câncer. Ele também é usado para combater a inflamação, levando os pesquisadores a confirmar se, de fato, tem propriedades anti-inflamatórias.

Os autores do estudo prepararam metanol, aquoso, acetona e etanol extraíram omartrite das folhas frescas de mbola. Em seguida, eles colocam esses extratos através de vários testes para determinar sua capacidade de inibir a inflamação, bem como a proliferação de células de linfoma.

Enquanto isso, os extratos de água de mbola efetivamente inibiram a produção de óxido nítrico nas células RAW 264.7. Embora o óxido nítrico desempenha um papel importante na manutenção da função cardiovascular adequada, principalmente por causa de sua capacidade de reduzir a pressão arterial, relaxando e dilatando seus vasos sanguíneos, é um produto químico pró-inflamatório que contribui para a progressão da doença inflamatória espondiloartrite.

Além disso, os resultados revelaram que a mbola tem atividade citotóxica dose-dependente nas células T Jurkat, uma linhagem de linfoma. Análises posteriores mostraram que as células cancerosas expostas aos extratos de mbola acabaram com DNA danificado, explicando a capacidade da planta de induzir apoptose ou morte celular.

Os pesquisadores validaram as aplicações da mbola na medicina tradicional, particularmente no tratamento da dor e no tratamento de condições inflamatórias e relacionadas ao tumor, como o câncer. (Relacionado: A inflamação é uma das principais razões pelas quais você não pode perder peso.) Prevenção da inflamação com alimentos

• Bagas – Se o sabor delicioso e a versatilidade notável não forem suficientes para incluir artrite e 10 morangos, mirtilos, framboesas e outros em sua dieta, os benefícios antiinflamatórios podem ser. Essas bagas ajudam o sistema imunológico a funcionar adequadamente, aumentando o número de células natural killer (NK) e diminuindo certos marcadores inflamatórios ligados a doenças cardíacas.

• Peixe gordo – Salmão, arenque, cavala, anchova e outros peixes gordurosos da artrite séptica medscape são fontes deliciosas e substanciais de proteína. Eles também contêm uma abundância de ácidos graxos ômega-3 que ajudam a reduzir os níveis de marcadores inflamatórios em seu corpo.

• Vegetais crucíferos – Couve-flor, brócolis e couve são ricos em antioxidantes que desempenham um papel no controle da inflamação. O brócolis, em particular, é excelente para esse propósito, graças ao seu teor de sulforafano que ajuda a reduzir o nível de proteínas pró-inflamatórias em seu sistema.

• Abacates – Se você artrose vs artrite como em guacamole ou como um doce tratar, você precisa comer mais abacate para prevenir a inflamação crônica. Estudos mostram que comer abacates pode diminuir o seu nível de marcadores inflamatórios, especialmente em células jovens da pele. Os abacates também contêm potássio, magnésio, fibras (ajuda a reduzir os desejos) e um monte de outros compostos que podem reduzir o risco de desenvolver câncer.